Ads Top


Leia ao som de: 
Fink - Yesterday was hard on all of us


E se formos mais? E se formos mais que isso? E se formos mais do que apenas amigos, você terá coragem para tentar?


Ou você vai simplesmente fingir que não existe nenhum tipo de atração, que naquele dia, quando segurei tua mão, você não gelou, não quis que aquele momento durasse um pouco mais?

Ou que naquele vez, quando te abracei apertado, você não quis morar naquele abraço? 

Será melhor fingir que o sentimento não é recíproco, e usar aquela velha desculpa de não querer estragar a amizade?

A troco de que? De estragar um amor que poderia ser lindo, que seria como um presente para nós? Olha, eu não sei fingir muito bem. Se você quiser tentar, vá em frente, mas já aviso que provavelmente não vai dar certo.

Um sentimento forte como esse, não fica “guardado” para sempre, porque uma hora o coração pede, quase desesperadamente, para colocarmos pra fora. 

E, então, para onde vamos daqui? Para onde vamos agora? Você terá coragem suficiente para arriscar?

E se eu te disser que também estou com medo, ajuda em algo? É lógico que dá medo, porque tudo o que temos diante de nós é incerto.

Eu, sinceramente, não sei se vai dar certo, se vamos dar certo. Mas como dizem por aí: se der errado, pelo menos não iremos viver com a dolorosa dúvida do “e se tivéssemos tentado?”. 

Faz que nem eu, que estou ignorando esse medo bobo, e tenta vir comigo viver esse amor que está guardado por tanto tempo, esperando por nós para florescer de vez, esperando que a gente crie coragem e remova todo esse concreto que o impede de crescer. 

Vem. Mas vem logo, que o tempo está passando e se não regarmos logo esse amor, o risco de que ele morra, sem conseguir atravessar o concreto, é grande.    




- Allison Christian Freitas

Para me seguir no facebookclique aqui






© TODOS OS DIREITOS RESERVADOS AO AUTOR DO TEXTO
Tecnologia do Blogger.