Ads Top


Leia ao som de:
Altadore - Bar Lights




Vem, pode ficar. Mas lembre-se: isso não significa que você pode fazer o que bem entender. Meu coração continua sendo meu, só abri um pouco de espaço pra você se instalar por aqui, no entanto, se a moradia é fixa ou não, suas ações é que me farão decidir.


Não me tenha por arrogante. Juro que não é isso. É que depois de ter o coração machucado algumas vezes, é natural ficar um pouco mais criterioso com quem você vai deixar entrar nele de novo.

E isso não tem nada a ver com confiança, como você supõe. Eu confio em você. Sei que, às vezes, pode não parecer, mas confio sim. O problema é que se eu confio ou não, isso, no fundo, não quer dizer tanta coisa assim.

Claro que isso significa que você não é “qualquer uma” pra mim e que o que eu sinto é especial, sem dúvidas. Mas eu já confiei em outras pessoas e isso não as impediu de me desapontar. Você entende isso?

Eu sei, parece meio confuso, parece até que eu não confio em você, mas não posso oferecer mais que isso e a única coisa que posso te pedir, assim como você quer de mim, é que confie em mim. Mesmo que seja desse meu jeito meio estranho, meio esquisito, eu aceito.

Só quero que não traia minha confiança. Já me desapontei demais nessa de confiar nos outros. Estou te dando uma chance de me provar que em você, eu posso confiar, que eu posso te deixar ficar.

Mesmo não tendo certeza a respeito do que nos reserva o futuro, preciso saber se posso contar com você.

Espero que me entenda, espero que isso não seja motivo para querer ir embora, mas sim para querer ficar mais, pois agora você sabe que eu quero levar isso adiante.

Então, pense bem, porque eu decidi, desde a última vez em que me desapontaram, que irei evitar dar chances demais a alguém que queira ficar ao meu lado.

Vem, traz tuas coisas. Você pode ficar.



- Allison Christian Freitas

Para me seguir no facebookclique aqui






© TODOS OS DIREITOS RESERVADOS AO AUTOR DO TEXTO

Tecnologia do Blogger.