Ads Top



Leia ao som de:
Afrakite - Grown Apart


Dias depois de você ter decidido que era hora de partir de vez, tudo mudou na vida dela. As músicas que ela mais gostava, agora a faziam mal.


Tudo porque quando apertava play, quando ela escutava os primeiros acordes dados nos primeiros segundos das músicas, ela conseguia sentir tuas mãos na cintura dela, teus lábios, teu cheiro... ela conseguia sentir você.

E depois de tudo o que você disse antes de bater a porta e sair feito louco da casa dela, lembrar de você era o que ela menos queria.


Você estragou as músicas preferidas dela, algumas comédias românticas e até mesmo algumas séries. 

Motivos pra te odiar não faltavam. Mas o principal motivo pra te odiar do fundo do coração dela, não deixava ela te odiar: Ela ainda te amava, mesmo sem querer.

Dizem que poucas coisas das quais achamos que irão durar muito tempo, de fato, conseguem durar. E a gente sempre acha que a dor vai durar para sempre, mas ela acaba. Com certeza, ela acaba.



E ela descobriu isso no dia em que te encontrou na rua, depois de meses, e você perguntou se estava tudo bem. Naquele dia, ela percebeu que há tempos não lembrava de você, que você já não a afetava mais de modo algum.

Logo depois de acenar e dar um “tchau” meio sem jeito, ela continuou caminhando, se virou por um rápido momento, olhou pra você, olhou pro céu e sorriu, agradecendo.



É, ela finalmente tinha te "esquecido". A dor que ela sentia, havia ido embora sem que ela percebesse.

As músicas, os filmes, os seriados, nada mais fazia com que ela lembrasse de você. Os pensamentos dela já não te pertenciam mais. As lágrimas, que agora escorriam por seu rosto, eram de felicidade, por você ter saído da vida dela, por você, finalmente, ter saído do coração dela.








- Allison Christian Freitas

Para me seguir no facebookclique aqui






© TODOS OS DIREITOS RESERVADOS AO AUTOR DO TEXTO

Tecnologia do Blogger.