Ads Top

Se for pra ser saudade, continue sendo nada






Leia ao som de:
KANE - ALL I CAN DO




Se for pra ser saudade, continue sendo nada, por favor. Minha vida já tá saturada de paixões que prometeram se transformar num amor sem igual, mas no final, acabei vendo a verdade. E, hoje, tudo não passa de saudade.


Se for pra ser saudade, continue por aí. Não preciso de mais saudade na minha vida. Já chega de tantas despedidas. 

Tô querendo alguém que queira ser presente. Que faça parte do meu presente e que seja meu presente enquanto vivermos.

Se for pra ser saudade, melhor nem ser alguma coisa. Tô te pedindo assim, na boa. Não que eu tenha te achado sem graça. Você é incrível. É bom estar perto de você. Me sinto bem ao teu lado. 


Mas cê já deixou bem claro o que você realmente quer e, pra ser sincero, nem tinha como esconder.

“Carpe diem”, você me disse. Mas Carpe diem só é algo proveitoso quando você entende a proposta. Carpe diem pode ser “viver o agora”, mas tenho certeza que não significa ficar mudando de “amor” a cada final de semana. Por que não viver o agora ao lado de quem você realmente ama?



Qual o sentido disso que você faz? Só se machuca cada vez mais. “Carpe diem”, além de viver o agora, tem um significado muito mais profundo e, ao mesmo tempo, muito simples. Sabe qual é? Ser feliz. Se você estiver feliz desse jeito, por mim, tudo bem. Mas não quero fazer parte disso. 

Pessoas rasas não têm mais entrada livre pro meu coração.





- Allison Christian Freitas

Para me seguir no facebookclique aqui






© TODOS OS DIREITOS RESERVADOS AO AUTOR DO TEXTO
Tecnologia do Blogger.