Ads Top







Leia ao som de:
BEN HOWARD - GRACIOUS 

E você poderia ter sido, para sempre, o meu ‘presente’ mais lindo. Mas não, escolheu ser saudade, escolheu ser passado, escolheu ser mais um retrato na minha memória. Escolheu ir embora. 


Confesso que por um tempo, por um logo período de tempo, eu fiquei triste, me senti devastado, mas aí percebi que, por causa de você, estava desistindo de mim. Deixei alguns sonhos de lado, quis ficar no passado. Passado esse que julgava ter sido perfeito ao seu lado. Claro que eu não tava enxergado todo o quadro.

Mas é que eu já tinha tudo planejado. Nosso futuro nos mínimos detalhes, nossas viagens. E aí de repente: pause. Game Over. Nos minutos finais do teu jogo, que eu pensava ser amor, na última fase, você estava empurrando tudo com a barriga. E aí já não tinha mais jeito. O fim já parecia inevitável. E a cada tchau, o adeus se aproximava mais.

Não estou te culpando por tudo o que deu errado entre nós, até te entendo em algumas coisas. Eu não sou perfeito, e nunca escondi meus defeitos de você. Mas é que te deixei me conhecer por inteiro. Abri meu coração como nunca antes, e confiei no teu “amor”.  Cê nem faz ideia, mas isso, por vezes, me “revoltou”. É que é muito estranho ter que dizer adeus a alguém que, de fato, te conheceu, sabe?

Mas fica fria, te ter comigo já havia deixado de me fazer bem há tempos. Eu só não queria enxergar isso. Mas lá no fundo, também esperava pelo fim de tudo.




- Allison Christian Freitas



© TODOS OS DIREITOS RESERVADOS AO AUTOR DO TEXTO
Tecnologia do Blogger.