Ads Top





Leia ao som de:
IRON & WINE - PASSING AFTERNOON


Nós sempre queremos mais.
Um pouco mais de amor:
“Fica um pouco mais, não vai agora.”
“Mas eu preciso ir, já deu a hora.”
Nós queremos sempre mais.
Um pouco mais de esperança:
“Tá, eu posso ficar. Não tem problema se eu me atrasar.”
Nós, como seres humanos insaciáveis e cheios de sentimentos que somos, não aceitamos algumas imposições que a vida insiste em colocar diante de nós.
“Por que os momentos bons têm que ser interrompidos?”
Nós queremos que eles se estendam, às vezes, para além do tempo.
Sabe aquele fim de tarde ao lado da pessoa que você ama, em que vocês trocam olhares que dizem “eu te amo” em cima duma cama?  Sabe aquela manhã com a família reunida, em que você olha pra todos e abre aquele sorriso que diz mais do que um milhão de palavras poderiam expressar? Ou a primeira vez em que você se declarou e funcionou? Então, lembra da sensação? Você quer mais, não?
Nós sempre queremos mais.
Mais carinho, mais declarações;
Mais arranhões (se é que você me entende)
Menos frustrações,
Mais realizações.
Mais ligações no meio da correria do dia a dia em que se escute um: “só liguei pra dizer que eu te amo”.
Menos “estou com saudades” por mensagem.
Mais “vim matar a saudade”.
Nós sempre queremos mais.
“No entanto nem sempre podemos ter tudo aquilo que queremos.”
Você já deve conhecer esse clichê. E é a mais pura verdade. Mas, vem cá, antes de tirar qualquer conclusão, pare pra pensar um pouco:
Por que não aproveitar com mais intensidade o pouco tempo que a vida te dá?
Às vezes pra viver com mais intensidade, você nem precisa levantar. No lugar de pensar em pedir “fica um pouco mais”, para de pensar, vai. Abraça o rapaz. Aproveita o momento de paz. Esqueça o passado e não se preocupe tanto com o futuro. Lembre-se apenas do presente, sinta-o, porque o agora é tudo.





- Allison Christian Freitas



© TODOS OS DIREITOS RESERVADOS AO AUTOR DO TEXTO

Tecnologia do Blogger.